© 2001-2010 WTeamUp, Participação e Empowerment

 

missão
grupos alvo
equipa
projectos
leituras
links

english

início

Missão

A WTeamUp tem por missão a construção de conhecimento sobre processos de tomada de decisão, identificando e divulgando os factores-chave envolvidos. A equipa visa igualmente a melhoria do diálogo entre os stakeholders com interesses directos e/ou indirectos na resolução de problemas complexos e controversos. Procuramos:

 

levar a participação do público para além das questões emocionais e populistas;

 

promover um ambiente propício ao diálogo claro, respeitável, aberto, construtivo, criativo e inovador;

 

optimizar a produtividade de reuniões alargadas com muitos stakeholders, através de técnicas inovadoras de gestão de dinâmicas de grupos e geração de consensos;

 

ajudar a clarificar problemas, interesses, prioridades e alternativas para um acordo, através do consenso genuíno, de compromissos duradouros e de parcerias estáveis;

 

apoiar os stakeholders a trabalharem construtivamente, motivando a confiança mútua e a co-responsabilização, por forma a alcançarem resultados tangíveis e soluções inovadoras, funcionais e implementáveis;

 

utilizar de forma eficaz e eficiente os recursos humanos, temporais e financeiros.

 

 

Porque Existimos

O processo actual de tomada de decisão, concertação e participação pública em matéria de planeamento, ordenamento do território e ambiente já deu provas suficientes de não ser eficaz na sensibilização e mobilização dos diversos stakeholders em torno das soluções políticas adoptadas.

 

A formulação, implementação e avaliação de planos, programas, políticas e estratégias encontram-se espartilhadas por procedimentos burocráticos, administrativos ou legislativos, que:

 

por visarem essencialmente a consulta, a recolha de sugestões e pareceres, descuram a necessidade de articulação, operacionalização e empenhamento das diferentes entidades da administração pública com jurisdição e responsabilidade na matéria;

 

por preverem a participação pública num momento tardio da tomada de decisão - como é o caso da Consulta Pública - suscitam reacções emocionais e populistas por parte dos stakeholders, que não se sentem responsabilizados pela implementação das soluções preconizadas, o que as torna politiamente instáveis;

 

pela sua natureza hierárquica, formal e pouco interactiva, não permitem aos stakeholders expor de forma clara e objectiva as suas visões, necessidades e aspirações face aos problemas em causa.

 

Em alternativa aos procedimentos actuais, a WTeamUp propõe-se analisar, investigar e interpretar as características dos processos de tomada de decisão, aprendendo com os casos de sucesso e construindo estratégias alternativas para dificuldades identificadas. Para este efeito, a equipa estrutura e conduz processos interactivos de participação onde o diálogo construtivo, eficaz e criativo entre stakeholders é a chave para o sucesso.

 

 

O Que Fazemos

A WTeamUp desenvolve as suas actividades ao nível do Planeamento Estratégico Participado, nomeadamente na definição de Planos, Programas, Políticas e Estratégias Ambientais Integradas e no desenvolvimento de Planos de Gestão, Planos e Programas de Acção, Cenários ou Visões Conjuntas de Desenvolvimento. Mais concretamente, levamos a cabo:

 

Estruturação de processos interactivos de participação: estabelecimento da agenda, especificação das questões a serem debatidas, definição de procedimentos para cumprir os horizontes temporais e facilitação do decorrer da reunião;

 

Assistência na geração de consensos, facilitação, mediação e negociação de conflitos ambientais, identificando as fontes de conflito, desenvolvendo um processo conjunto e passo-a-passo para a conciliação, através da utilização de métodos de discussão e diálogo e resolução de problemas e formas alternativas ao estilo adversarial;

 

Formação, orientação e treino em métodos interactivos de participação, para técnicos, dirigentes e todos aqueles que necessitam das ferramentas essenciais para melhorar a coordenação e comunicação das suas equipas, a produtividade das reuniões e a resolução de problemas ambientais complexos.